sexta-feira, 29 de abril de 2011

Homenagem



Hoje tinha de ser. Não me lembro do dia do seu casamento, tinha 3 anos na altura, mas recordo-me perfeitamente do dia da sua morte. Tinha regressado dos Açores nesse dia, após um mês de Agosto maravilhoso - como o são todos naquele paraíso, e estava fechada no apartamento nos Olivais onde morava. Estava triste como apenas eu sei estar e sem forças nem vontade de enfrentar uma época de exames e mais 4 meses longe dos pais, dos amigos e da Ilha. Quando vi as noticias não queria acreditar. Este tipo de acidentes, estas causalidades da vida, deixam-me sempre estática. A partir dai fiquei a sentir que de alguma forma esta "família" fazia parte da minha realidade. De uma forma distante. E hoje estou contente porque adoro promessas de futuro. Adoro gente feliz e apaixonada.

Gosto tanto...



No wonder I'm scared
To look in your eyes
You've turned me away
So many times
You can take it away
At any given moment
It's hard to believe
While you're in this disguise

So would you hold me please

I'm trying hard to breathe
I'm just surviving
So would you hold me please
I'm trying hard to breathe
Stop me from crying

When I see you walking with her

I have to cover my eyes
(I have to cover my eyes)
Every time you leave with her
Something inside me dies
(Something inside of me dies)

No wonder it hurts

To sit by your side
(Turned me away so many times)
There's a different song
I can play you tonight
(We don't have to sit here in silence)
We can break the pattern
We can change the colour
(It's just a little sacrifice)
You don't need to worry about the others
(It's all in your mind)

So would you hold me please

I'm trying hard to breathe
I'm just surviving
So would you hold me please
I'm trying hard to breathe
Stop me from crying

When I see you walking with her

I have to cover my eyes
(I have to cover my eyes)
Every time you leave with her
Something inside me dies
(Something inside of me dies)

terça-feira, 26 de abril de 2011

Para a minha morenita!



Hoje acordei zangada. Tenho os meus dias. TPM com direito a tudo: inchaço, borbulhas, dores de barriga, irritação, ódio de morte por tudo o que se mexe... Se juntarmos isto ao fim do fim de semana prolongado podemos imaginar por breves instantes a minha insanidade. Ao fim da tarde, e muito contrariada, lá aceitei o convite da morenita para uma caminhada. E entre sol tardio e a descrição das suas viagens fui ouvindo e amansando. Como uma luva de pelica que me faz festas no pêlo, entretida a olhá-la, a imaginá-la entre cores e odores e texturas e riad's e toda aquela luz que a rodeava e me enlaçava e me deixava calminha e deslumbrada. Ah com amigas destas o mundo é o paraíso. E sei que ela raramente aqui vem, mas se vier quero que veja este video e que derreta também como me derreteu hoje, o coração.

Nada de histeria...


... mas ontem dizia ao meu rapaz que só casava se arranjasse um vestido mesmo bonito e que reflectisse o amor que sinto por ele. E hoje vi este... E fiquei encantada! Pode ser que assim oficialize o nó...

Giro

Eu gosto tanto de ler. Tanto, tanto. Que vi estas imagens (http://blackeiffel.blogspot.com/2011/04/become-someone-else.html) fiquei com saudades de pegar num livro e não o largar. E mesmo depois de o "largar" ficar com aquela sensação, aquele prolongamento que já não consigo voltar ao que era. Ultimamente tenho sentido saudades de tudo...

segunda-feira, 25 de abril de 2011

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Isto é que era...



Como ficava linda na minha sala... Só para Margot Fonteyn!!

Religião

Quinta-feira Santa e eu a trabalhar sem ninguém à minha volta. Muito bom. Amanhã não. Nem na segunda. Muito necessitada ando eu destes quatro dias. Venham mais.

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Passeios

















Mercado Quebra Costas numa tarde solarenga e colorida. A Baixa de Coimbra no seu melhor.

Mariquices...


O que eu tenho hoje é o primeiro a contar da direita. Coral. Muito bonito. Mas não gostei muito de aplicá-lo. Só com uma camada fica com muitas falhas e mesmo com uma segunda não fica perfeito como outras marcas... Pelo valor que paguei por ele não compensa. Pena, porque é uma marca portuguesa e prefiro comprar o que é nosso. A ver vamos.

Beijo - Klint

Porque sempre adorei esta pintura e hoje é o Dia Mundial do Beijo. Mal chego a casa vou cobrir o meu rapaz de beijo demorados.

segunda-feira, 11 de abril de 2011

...

Garanto-vos que o bonzão não é o Sócrates!!! - Lembrei-me desta de repente! Muito boa! Estou a rir como uma perdida...

Ai que nervos!!

É pá eu até sou médico e coisa e tal e fundei a AMI mas o que quero é tacho. Vivi a vida toda a ajudar os outros porque o que quero mesmo é assentar os cocos na AR e não fazer um boi. Gosto que me chamem nomes e tenho toda a fronha de ladrão, aliás, toda a minha vida é um espelho disso... Santa paciência, mas os portugueses estão malucos? Piraram? Então o mauzão é o Fernando Nobre???????? Santa Bárbara Luz Divina!!

LOL...


http://www.etsy.com/shop/shopsaplingpress?page=1

domingo, 10 de abril de 2011

Isto...

Isto começa mesmo a deixar-me preocupada. Isto. Este país. Sempre achei que a determinada altura as pessoas reagissem em prol de uma mudança. Sei lá. Qualquer coisa, mas uma mudança. E começo a acreditar que apesar de tudo: dos lamentos, das queixas, das opiniões, do "isto é uma merda", de todo o terço que cada tuga teima em cuspir a falar mal do seu país... não dê em nada. Raios os partam que se essa gente voltar a cometer o mesmo erro pela terceira vez... TERCEIRA começo a fazer a mala. E não penso em mais um tuga que seja. PUTA QUE PARIU!!!!

terça-feira, 5 de abril de 2011

Leituras

Vi um texto altamente aqui - http://pedroroloduarte.blogs.sapo.pt (ainda não descobri como se criam hiperligações nos textos).

Era uma vez um país cheio de Sol, de pessoas felizes, borboletas coloridas esvoaçantes pelo céu. Nesse país, todas as pessoas trabalhavam alegremente para o bem comum, sob a batuta de um maestro dedicado, uma espécie de padre – já que tudo fazia pelos outros, pelo país, e nada por ele próprio, nem pelos músicos da sua orquestra. Era um país muito bonito, esse, e cheio de esperança, optimismo e riquezas mil.

Mas como sempre acontece nas histórias, nesse país lindo cheio de Sol e de pessoas felizes, havia um pequeno grupo de pessoas muito más, praticamente pessoas a preto e branco, a que o maestro chamava, conforme as ocasiões, jornalistas ou oposições. Essas pessoas realmente más tudo faziam para tentar ensombrar a felicidade do país, espalhar o pessimismo e enterrar toda a riqueza num poço muito fundo e muito escuro.

Um dia, essas pessoas realmente más decidiram dar algumas noticias e chumbar um Plano Evidentemente Colorido que traria ainda mais felicidade e alegria às pessoas do país cheio de sol, pessoas felizes, borboletas coloridas esvoaçantes pelo céu.

Caaaabummm.

Começou a chover, a felicidade e as borboletas coloridas afundaram-se num lamaçal de tragédias e desgraças, veio o abismo e comeu o país.

Coitado do maestro que tudo fez pelos seus condidadãos e tinha dado ao país tantas alegrias e bons momentos. "It's an injustice, it is".

(Moral da história: os maus existem nas histórias para safarem os bons de se revelarem ainda piores...)"

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Concordo.

Através do blog: http://downandoutchic.blogspot.com/

Uma das 100 coisas que vou fazer antes de morrer...


Passar um fim de semana aqui... E passear no Bussaco.

Monday

Ah como gosto de passar todo o santo dia em casa com a gata e o "gato" sem fazer nada entre mimos e beijos e filmes lamechas. Ah como me custa, cada vez mais, tirar o rabo da cama e vir trabalhar... Alguma coisa deve andar mal porque já ouço campainhas de aviso!!!

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Perde as estribeiras homem!!!



Cambada de vilões!

Uma das 100 coisas que vou fazer antes de morrer...












"Uma viagem no lendário Transsiberiano é uma das grandes aventuras da vida. Realizar um sonho de longa data no nosso comboio privado e descobrir Rússia, Mongólia e China é a maneira mais segura, confortável e fascinante para o fazer.
O percurso histórico entre Moscovo, Lago Baikal e Pequim é o cerne desta viagem. Encoste-se para desfrutar as dramáticas mudanças de cenário e saborear uma selecção das paisagens mais soberbas e esplêndidas da Europa e da Ásia!" - http://www.rotasdovento.pt/viagem/124/rutra

Sim eu sei que é uma pequena fortuna, mas eu vou faze-lo. Nem quero imaginar o que poderá ser esta viagem para mim. Bora lá trabalhar para aqui chegar!!!

Calor...



Verão e Pixies sempre foram uma combinação perfeita.