segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Finalmente

Ao fim de quase dois meses estou com os meninos. E Margot desceu connosco... Atila e Madona estão doidos. Se a bicha chegar ao fim da semana com o pelo todo dou uma prenda aos cães gatinho.

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Todas as desculpas são boas desculpas para ouvir Zéca Afonso

The girl with the Dragon Tattoo

Não me importo que alterem algumas coisas do livro. Não gosto. Mas até compreendo. Agora revelarem assuntos chave no primeiro filme que pertence ao segundo livro é totalmente ridículo. Confesso que estragou um pouco a coisa... Agora, vou pegar no segundo livro e já sei uma das descobertas principais... Que nervos. Não estava à espera disto, David!

domingo, 19 de fevereiro de 2012

Que emoção!!

Acabamos de montar uma mesa, duas cadeiras e uma estante (simples, simples) do IKEA e estamos mortos. E felizes da vida. Neste momento, numa cadeira com costas e forrada a estofos, sinto que estou a escrever num MAC. E que moro numa vivenda ao pé do mar. Com um horizonte azul... É melhor ir dormir. E ouvir o mar. 

sábado, 18 de fevereiro de 2012

Lembram-se da saída de sexta passada?

As minhas unhas dos pés também. Estão negras. Os meus dedos grandes dos pés tem as unhas negras porque andei de saltos altos aos pulos durante horas. Não pensei que fosse possível. MEDO!

sábado, 11 de fevereiro de 2012

Eu sei lá senhores

Doi-me tudo. Os dedos grandes dos pés e os joelhos. E que andei a fazer eu? Apanhei uma carraspana ontem de madrugada que estou que não me aguento. Só consigo mexer os dedos das mãos. E não são todos.

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Está um briol

Que o pinheirinho já sequinho que havia em casa transformou-se em labaredas quentinhas. Passei directamente de Dezembro para Fevereiro. Vou dormir. 

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Afinal sempre...

vou parar ao fundo de desemprego. O local onde trabalho vai mesmo fechar portas. Antes disso que venha o dinheirinho que me devem e ficamos quites. Este será um ano de mudança, não tenho a mínima dúvida, e sei que serão mudanças boas, mas antes, antes de todas as mudanças vou estar com os amigos do peito e com a família do coração e depois sim. Depois vou arregaçar as mangas e reinventar-me porque este é o momento. Sinto mesmo que é agora... o problema é ainda não ter a mínima ideia do que vou fazer. 

IMPRESSIONANTE!